DETALLE DEL ARTÍCULO

Moda mimética, desviante e criativa: em busca da secundidade perdida Mimetic, Deviance and Creative Fashion: looking for a lost Secondness
CLOTILDE PÉREZ Y BRUNO POMPEU DOI http://dx.doi.org/10.35659/designis.i32p49-61 PALABRAS CLAVE / KEYWORDS Moda; semiótica; consumo; secundidade; ritualística. Fashion; semiotic; consumption; secondness; ritualistic.
DESCARGAR PDF FECHA DE PUBLICACIÓN Enero - Junio 2020
Copyright (c) 2020 Clotilde Pérez y Bruno Pompeu

RESUMEN

Este artigo apresenta a reflexão decorrente de pesquisas teóricas e de duas pesquisas empíricas realizadas sobre o consumo de moda, que tiveram como desafio entender esse consumo a partir das práticas cotidianas do consumidor. Nosso objetivo neste texto é apresentar uma categorização dos rituais envolvidos no processo de consumo de moda, especificamente o uso, procurando dar conta das suas dinâmicas condicionantes da secundidade. Existem estudos que dão conta de um entendimento da moda como código. Outros privilegiam seu caráter simbólico. Buscamos aqui o entrelaçamento da moda com as ritualísticas de consumo que lhe conferem sentido. Valemo-nos, para tanto, de um corpo teórico amplo, que agrega à semiótica conhecimentos da antropologia, da sociologia e da filosofia, sempre tendo como ponto aglutinador uma concepção de moda que se paute no seu caráter sígnico.

This article presents the reflection resulting from several theoretical researches and two empirical researches carried out about the consumption of fashion, which faced the challenge of understanding this consumption from the point of view of the consumer. Our objective in this text is to present a categorization of the rituals involved in the fashion consumption process, specifically the use, trying to approach its dynamic condition of the secondness. There are studies that show an understanding of fashion as a code. Others privilege its symbolic character. We seek here to relate fashion with the consumption rituals that produce meaning. We use, therefore, a broad theoretical body, which adds to semiotics theory knowledge of anthropology, sociology and philosophy, always bearing in mind a conception of fashion based on its semiotic character.

BIOGRAFÍA DEL AUTOR

Clotilde Pérez Professora titular de Semiótica e Publicidade da Universidade de São Paulo – USP, Brasil. Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC SP. Vicepresidente da FELS – Federación Latino Americana de Semiótica. Editora da revista Signos do Consumo. Líder do GESC3 – Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo. Sócia Fundadora da Casa Semio. E- mail: cloperez@terra.com.br

Bruno Pompeu Doutor e mestre em Ciências da Comunicação pela ECA USP – Universidade de São Paulo – Brasil. Professor da ECA USP e da ESPM. Pesquisador do GESC3 – Grupo de Estudos Semióticos em Comunicação, Cultura e Consumo. Sócio Fundador da Casa Semio.

Recibido 26/01/2020 – Aprobado 16/03/2020